sexta-feira, janeiro 19, 2018

Reunião no Conselho Estadual de Cultura

Hoje pela manhã, a convite de meu amigo Paulo de Campos, tive a honra de assistir à reunião do Conselho Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul, no Auditório do Museu de Artes (MARGS). O tema da sessão era "A Cultura e a Imprensa". Paulo, que é músico e colunista em Osório, trouxe para homenagear e compor a mesa Antão Sampaio, Diretor dos jornais "Bons Ventos" e "Revisão", daquela cidade. Também Ney Gastal participou com um depoimento interessantíssimo sobre sua trajetória no jornalismo cultural, em especial no Correio do Povo. Igualmente, os conselheiros contribuíram com seus relatos sobre o assunto.
Ney Gastal, entre outras histórias, contou sobre o seu dia de glória em que entrou na sala das rotativas do Correio do Povo e disse, como se vê nos filmes: "Parem as máquinas!" Elvis Presley tinha falecido. Ney aproveitou seu conhecimento de linotipista para redigir ali mesmo a matéria sobre o Rei do Rock. Outro relato curioso foi de quando entrevistou o MPB-4 no Chalé da Praça XV. Ao voltar para a redação, percebeu que nada havia sido gravado. Não desanimou: redigiu a entrevista "de cabeça" e depois ainda foi elogiado pelo integrante Ruy, que morreu recentemente. Mas a conclusão de sua fala teve um tom inequívoco de lamento pela perda de espaço da cultura na mídia atual. E também a contaminação das páginas de cultura pela publicidade, algo que não acontecia nos antigos veículos da Caldas Júnior.
Paulo de Campos falou resumidamente sobre seu trabalho de jornalista cultural em Osório. Enquanto ele palestrava, o telão ia mostrando matérias escritas por ele que haviam sido publicadas. De repente apareceu... 
 ...o perfil que ele fez de mim! Foram só alguns segundos, mas consegui fotografar. 
O homenageado Antão Sampaio dá o seu depoimento sobre a cultura em Osório e a participação da imprensa local na divulgação.
Walter Galvani, lenda do jornalismo gaúcho, conta sua história. E assim também outros conselheiros contribuíram cm seus testemunhos sobre jornalismo cultural. A foto bem de cima foi copiada do perfil da CEC no Facebook, mas as demais foram tiradas por mim. Acredito que haja outras registradas também por Paulo de Campos, então esta é uma postagem que poderá ser ampliada em breve. 

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home